22 outubro 2014

Kirk Hammett (Metallica)

Desenho: Franci

15 outubro 2014

Mattilha lança Ninguém É Santo em CD

Fala bons corações sentimentais sedentos por violência. 
Como vão vossas excelências? Espero que bem e vivos, já que mortos não podem ler textos, ou podem, vai que tem wi-fi no inferno... Não seria um sinal de Deus? Tipo o Capeta roubando wi-fi manja?
...
Ah vá que vocês não acreditam nas capacidades hackers do Tinhoso.
Mas vamos parar de especular se o demo manja dos TI e vamos ao que interessa que é uma noticia curta mas bacana.
A banda Mattilha que já apareceu por aqui no post Mattilha: A Mordida Alcoolizada De Rock N' Roll, esta lançando o seu álbum físico. 
O álbum Ninguém É Santo já existe de maneira digital e além de estar em lojas digitais, estava disponível pela própria pagina da banda no Facebook (página essa que podem encontrar no fim do post). Agora a banda lança o CD físico que por enquanto pode ser encomendado também na página dos caras no Facebook (porra olha aí o link no fim do post);
Além do CD os caras estão vendendo também uma camiseta bem bacana da banda, os dois podem ser adquiridos por um preço bem legal, que dependendo da situação paga só a estampa de uma banda, R$30,00.
Vale e muito comprar esse kit, tanto pelo preço quanto por se tratar de uma banda foda, de rock n' roll e não dessas péla saquice que se dizem rock hoje em dia. 
Vale ressaltar que é algo independente e é muito bom ver uma banda batalhando por uma postura profissional, mesmo em um ambiente tão cheio de sangue-sugas quanto esse, parabéns aos caras e a quem prestigiar o trabalho do rock nacional underground de qualidade.

04 outubro 2014

Pense Nisso

Rock N' Roll também é cidadania, também é politizado. Com essa premissa quero começar esse curto texto, pois amanhã é um dia importante para toda essa nação, vocês e eu, melhor dizer, NÓS, iremos escolher nossos próximos lideres, quem irá governar nosso país e nossos estados, sim apesar de ser ofuscado pela eleição presidencial o cargo de governador é muito mas muito importante.
Pra começar quero dizer que a escolha tem que ser SUA, sem modismos, sem escolher o que um artista escolheu ou blá blá blá, você tem que votar naquele que acredita que irá somar alguma coisa para a sua vida, sim pois os governantes influenciam na sua vida mais do que você imagina. 
Imagine que você esta escolhendo um funcionário, melhor dizer, você esta escolhendo um funcionário e se ele não trabalhar direito o minimo que você deve fazer é demiti-lo e como diabos você fará isso?! Simples jovem aprendiz, votando em outra pessoa, se essa outra pessoa não trabalhar direito, troque-o de novo até um dia que apareça um ser capaz de satisfazer suas expectativas. Se até hoje não apareceu nenhum é porque você e outras pessoas tem medo de mudar, acreditam que outro funcionário poderá falhar no que esse que você mantem trabalhando continua falhando.
Então, pensa com carinho nisso tudo e veja bem o que você quer pro NOSSO futuro pois em quem você votar, caso ganhe, influenciará não apenas na sua vida, como já citei, mas na de todos nós e isso amiguinho é algo muito importante. Sabe tudo aquilo que você vem reclamando? Então é nesse momento que você pode mudar alguma coisa. 

01 outubro 2014

Expo Beatles Fest

Olá mais uma de muitas outras vezes. Sem muitas delongas vamos ao que importa.
No dia 31 de agosto fomos na Expo Beatles Fest no Shopping Market Place e mesmo sendo depois de tanto tempo e de esse ter sido o dia de encerramento da exposição, quero falar sobre. Tenho meus motivos e traumas pra esperar tanto tempo, tá?! É, eu sofro também.

Bom para começar vou explicar como foi a exposição ao todo: Começando no dia 9 de agosto e se estendendo até o dia 31, como já disse, (presta atenção porra) a programação consistia em fins de semana especiais com apresentações de músicos fazendo covers dos Beatles, apresentação de humoristas fazendo homenagem aos caras e no ultimo fim de semana jogatina com direito a campeonato de Beatles Rock Band, onde como premio os 3 primeiros lugares ganhavam guitarras de jogos musicais para XBox 360. Bom, acredito que todos estão mais ou menos situados, o resto explico com a minha breve experiencia lá, simbora.
Enfim, como já disse, fui no dia 31, espero que ainda tenham se lembrado que disse isso no inicio desse texto seus malditos portadores de Alzheimer. O dia em que se encerrou a porra toda e que teve o tal campeonato de Beatles Rock Band, sim, fui no intuito de participar e chutar algumas bundas rockeiras de vídeo game.
Bom, fui com minha mulher e já esticando um rolé desde Parque Ibirapuera, onde eu já estava meio zuado. Tenho enxaqueca e quem sofre dessa maldição sabe como é terrível. Chegamos ao Shopping Market Place que fica numa área nobre de São Paulo, para quem não conhece, é shopping de gente rica e metida a besta. Por volta das 14 horas estávamos adentrando o shopping, para facilitar perguntamos a um segurança onde era o local e fomos informados. Seguindo o caminho começamos a ouvir o barulho de musica, indicador que estávamos seguindo o caminho certo, tipo alguns jogos de vídeo game, manja? A musica era do Rock Band, galera tava jogando, tá galera em termos mas explicarei-me-ei melhor, tenha calma porra!
Eu ia passando direto pelo local quando minha mulher diz: 
"Acho que é aqui" 
"Aqui onde?"
"Aqui uai, olha"
"... o.O"
Isso porque era muito pequena a exposição, sério, se colocassem dentro de um quarto de apertamento, caberia numa boa, isso sem tirar a cama e os moveis, já pensou trepar em meio da exposição dos Beatles, seria foda hein... Ah vá que quando falei "cama" você não pensou o mesmo... Não? Malditos jovens good vibes!
Pequeno não quer dizer ruim, que fique claro. A exposição tinha muita coisa interessante e outras nem tanto, nela podíamos ver vinis, uma réplica da bateria do Ringo Starr, réplica dos ternos que eles usaram no inicio da carreira, fotos (onde consegui tirar a foto mais legal de toda minha vida), pratos decorados, autógrafos, bonecos, alguns itens lançados com o logo ou algo dos Beatles, a porra de uma cabine telefônica inglesa, o baixo estilizado igual ao do Paul McCartney do Beatles Rock Band, aliás todos instrumentos desse jogo, alguns jogos de tabuleiro dos Beatles, tinha até mesmo capa de celular antigo dos Beatles, um tapete pra você tirar foto andando como na capa do Abbey Road (onde genialmente colocaram a TV pra jogar Rock Band sobre e cortaram o barato das fotos), um palco arrumadinho para as apresentações e por aí vai.
Pra mim, essa parte toda ficou parecendo que alguém pegou sua coleção pessoal e ganhou uma grana expondo, posso estar errado mas os caras que estavam tomando conta de lá pareciam ser os donos, bom já que falamos deles vamos explicar quem eram: 
Gordinho Com Cara de Tiozão do Rock: Esse tomava conta da exposição e estava até dando entrevista falando sobre o evento (entrevista onde aparecemos a contra gosto de fundo, espero que seja quem for aqueles que estavam produzindo tenham tido o dom de não ter nos filmado se não os processaremos por uso indevido da nossa linda e perfeita imagem);
Gordinho Com Cara de Nerd: Estava tomando conta do vídeo game e da jogatina, além de explicar o que fosse necessário nesse quesito;
Tiazinha Com Cara de Sei Lá o Que: Ficava só de fundo fazendo cara de sei lá o que;
Tudo explicado e falado, então continuemos. Minha dor de cabeça estava forte, mesmo assim estava me divertindo pois curto bastante Beatles como podem perceber, o problema é que em volta não havia um só lugar para descansar, todos bancos do shopping em volta da exposição estavam ocupados e ficar em pé estava me detonando ainda mais, além de não terem ligado o vídeo game em um ampli ou caixa de som e aquele volume alto em uma TV é irritante. 
Pegamos a fila para jogar sem compromisso e joguei uma partida com minha mulher e na hora de escolher a musica bateu uma pequena decepção, o Gordinho Com Cara de Nerd avisa que nem todas as musicas estavam desbloqueadas no jogo, porra mano, se vai fazer algo desse nível, faz direito e desbloqueia as musicas! Uma de nossas musicas, de nossa trilha de casal (o que, vocês que estão namorando/noivos/casados não tem trilha?! Povinho sem romantismo esse viu, Gizuis, como me decepcionam!), In My Life, não estava disponível e tivemos que tocar outra que já não me recordo qual mas foi legal, porra é Beatles né mano.
Depois de dar um show fomos me inscrever no tal campeonato, notem que o campeonato iniciaria as 14 horas na programação, pois bem. Me inscrevi com a Tiazinha Com Cara de Sei Lá o Que e a primeira boa surpresa veio pois o campeonato era di grátis, coisa que não esperava num shopping como aquele, enfim ficamos no aguardo pelo inicio da porra toda. 
Lembra que o campeonato começaria as 14 horas na programação?! Lembra mesmo? Nossa, impressionante! Então, começaria as 14 mas nós tínhamos me inscrito por volta das 14:40 e demorou uma porrada de tempo pra começar e como já estava quase morrendo, isso pareceu uma eternidade já estava me batendo um enjoo. Quando fizeram a chamada dos inscritos pro inicio da pendenga, eu já estava mais pra lá que pra cá mas mesmo assim participei e para encurtar o assunto, mesmo segurando o vomito e com a cabeça a ponto de explodir consegui vencer uma e perder por pouco para outros dois. Ah a primeira derrota ainda teve o pequeno detalhe de a guitarra que eu estava usando estar falhando o especial e ninguém ter avisado, nem reclamei pois pra ser sincero queria sair logo dali e ir chamar o Raul, apesar da festa ser dos Beatles.
O guerreiro mesmo ferido com sua guitarra em punhos.
Finalizando, como podem perceber, a minha experiencia não foi das melhores já que quando consegui ser dispensado do campeonato o que pude fazer foi procurar o banheiro metido a besta do shopping chique pra chamar o Raul. Viu, eu sofro.